Anúncios
DicasNews

Cuba in the USA


A fim de preservar as origens, surgiu Viernes Culturales (Sextas-feiras Culturais), uma organização não governamental que promove um festival de arte, música e cultura todas as últimas sextas-feiras do mês, no coração de Little Havana – o bairro que mais simboliza o êxodo cubano nos EUA…


 

images (10)

Até os anos 50, Miami era uma cidade com pouca influência em termos nacionais e Miami Beach era o destino preferido dos aposentados que fugiam do inverno rigoroso do Norte dos Estados Unidos e podiam viver (e morrer) em um local com clima ameno e a tranquilidade de não precisar sair do país. Ou seja, conseguiam unir as vantagens de estar em seu próprio país e gozar de todos benefícios como cidadãos americanos.

A partir dos anos 60, no entanto, após a revolução que colocou Fidel Castro no poder em Cuba, isto começou a mudar. Os cubanos insatisfeitos com os novos rumos de seu país começaram a se mudar para os Estados Unidos em busca de um recomeço. Miami, pela proximidade, foi a cidade escolhida para receber a maioria dos novos imigrantes. Houve até mesmo o projeto Peter Pan no qual os pais enviaram seus filhos para os EUA a fim de livrá-los das agruras da ditadura castrista.

images (11)

Desse modo, área compreendida por Miami, Miami Beach e todo Sul da Flórida passou paulatinamente a vivenciar os hábitos e os costumes que os cubanos trouxeram para cá – foi a maneira encontrada por eles para abrandar a saudade da terra natal.

A fim de preservar as origens, surgiu Viernes Culturales (Sextas-feiras Culturais), uma organização não governamental que promove um festival de arte, música e cultura todas as últimas sextas-feiras do mês, no coração de Little Havana – o bairro que mais simboliza o êxodo cubano nos EUA. O festival abrange a Calle Ocho (8th Street) entre 13th e 17th Avenues, das 7 às 11 horas da noite.

A ideia dos Viernes Culturales surgiu no Departamento de Planejamento da cidade de Miami com apoio da Comissão da cidade de Miami, em parceria com Câmara de Comércio Latina, comerciantes, moradores, e líderes comunitários. O Programa da Vizinhança de Little Havana recomendou que nestas sextas-feiras fossem reunidas atividades culturais e eventos que incluíssem mostras de arte, dança, música, poesia, teatro, cinema e tours históricos pelo bairro, com o objetivo de promover e preservar a rica cultura de Little Havana, que pontifica como ápice da diáspora cubana nos EUA. Assim, a primeira Viernes Culturales foi realizada em 26 de maio de 2000 com a presença de 2.000 pessoas. Nestes 17 anos, o evento cultural já entrou no calendário anual da cidade e se tornou um sucesso.

Portanto, Viernes Culturales é direcionado para aqueles que apreciam artes e cultura. O público que comparece ao local é multicultural e representa a diversidade étnica da comunidade do Sul da Flórida. É voltado para aqueles que adoram música ao vivo, dançar sob a luz das estrelas, galerias de arte, partidas de dómino, confecção de charutos, artesanato local e, claro, saborear a deliciosa culinária cubana que pode ser encontrada em diversos bons restaurantes localizados na área.

images (9)

Para quem quiser curtir tudo que Cuba tem de bom sem precisar visitar a ilha – que fica bem perto da Flórida, aliás -, Viernes Culturales na Calle Ocho é um programa obrigatório. Sentir e participar da vida cultural e da jovialidade do povo cubano é uma maneira de viajar para outro país sem ter de usar o passaporte.

dicasdotozzi-1

Anúncios
Sobre Tozzi (71 artigos)
A class of 1979 graduate from FAAP with over 30 years’ experience, he has also worked for 5 years for Grupo O Estado de S.Paulo/Jornal da Tarde, all the while also freelancing for publications such as Exame, and magazines such as Grupo Ideia, editora da IstoÉ, e Química e Derivados, da editora QD. In the media relations world, he worked for Burson Marsteller in São Paulo, one of the sector's most highly regarded companies wherein he held the title of Gerente de Imprensa and fulfilled the job function of coordinating the activities of his fellow colleagues. In the United States, he has become known as one of the nation’s top Portuguese-speaking journalists having in his curriculum the experience of being editor-in-chief of such publications such as Florida Review in Miami and AcheiUSA in Broward. Furthermore, in South Florida, he collaborated on the journal, O Estado de S.Paulo, with the radio station CBN, and was editor of Sony magazine’s Portuguese branch. His work in television includes CBS Telenotícias, which provided Brazil with journalistic information and PSN, a sports station, wherein he produced the tennis broadcasts. Finally, he also worked for RIT TV as a director of journalism. He worked as a color commentator for NBA games, which are broadcast live to Brazil via TNT (Canal Space Brasil) and also a weekly contributor to the website Direto da Redação. He is a translator who counts on a client base which includes the likes of Motorola, Wacom, and ViewSonic among others.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: