Anúncios
DicasNews

Fotógrafo brasileiro aborda influência do cinema no dia a dia das cidades americanas


…Amigos há mais de 30 anos, trabalhamos juntos no Jornal da Tarde – um dos principais jornais brasileiros na década de 80 -, quando ambos saímos em direção à comunicação corporativa. É com imenso prazer que dedico este blog a um amigo, mas também a um fotógrafo artístico …


Falar de Sergio Poroger é como falar de um irmão. Amigos há mais de 30 anos, trabalhamos juntos no Jornal da Tarde – um dos principais jornais brasileiros na década de 80 -, quando ambos saímos em direção à comunicação corporativa. É com imenso prazer que dedico este blog a um amigo, mas também a um fotógrafo artístico que vem desenvolvendo projetos intrigantes, tendo como cenários sobretudo as cidades americanas. Vale destacar que ele tem bom texto também.

Tudo começou com seu livro de fotografias Cold Hot, que exalta os cenários e os locais do sul dos Estados Unidos que exalam musicalidade, história e emoção, mostrando um paralelo entre a música e sua influência na paisagem, na arquitetura e nos costumes de seus habitantes. Sergio Poroger está vindo esta semana para os Estados Unidos para dar vida ao seu novo projeto fotográfico: On Movies, cujo foco é o cinema.

metro 13.jpg

“A música e o cinema americano sempre me fascinaram, especificamente sua intensa relação com a sociedade. Cenário dos maiores clássicos das telas, os Estados Unidos têm influência sobre os aspectos sociais econômicos, desde a atividade no mundo da moda à maneira como as pessoas se comportam”, explica Poroger. “Vários aspectos presentes no cotidiano de sua população serviram como temas para criação de de filmes que, por anos, deixaram uma marca indelével na imaginação humana. Por sua vez, diversas características dos filmes motivaram sua existência, e até mesmo incorporação de conceitos cinematográficos nas vidas diárias das pessoas.”

On Movies continuará o projeto iniciado com Cold Hot em 2016, desta vez com o cinema, no qual mostrará, com imagens, a influência histórica do cinema nos hábitos dos cidadãos e das cidades americanas. “Foi um longo projeto de pesquisa. A premissa foi descobrir quais locais nos Estados Unidos seriam ideais para fotografar a indústria do cinema refletida no dia a dia de seus moradores. Quero usar imagens e locais que não sejam óbvios. Por exemplo, fotografar as ruas, os estúdios, centros de projeção, bares e restaurantes, antigos cinemas, grandes e pequenos drive-ins. Em suma, quero mostrar como o cinema pulsa nas veias dos americanos, tanto quanto a música!”, enfatizou o fotógrafo.

metro 16.jpg

Durante o tour de 20 dias, cobrindo mais de 1.800 milhas, as lentes de Poroger capturarão New York, Brooklyn, Wilmington (Delaware), Philadelphia, Baltimore, Richmond (Virginia), Wilmington (North Carolina), Charleston, Savannah, Jacksonville e Miami, todas cidades com forte tradição cinematográfica. O projeto tem curadoria fotográfica de João Farkas, apoio da Avianca, suporte do operador de turismo Ricardo Carlin, da http://www.viajenewyork.com, em New York,  e da Maringá Turismo – a maior empresa brasileira em viagens corporativas, além de escritórios de turismo, hotéis e cinemas de várias regiões americanas.

Há 10 anos a fotografia tem sido sua verdadeira paixão. Em sua carreira fotográfica, alguns dos trabalhos apareceram nas páginas de publicações da Editora Abril (Revista Runners e Viagem e Turismo), e ele publicou um livro de arte sobre Miami, Japão e Uruguai. No ano passado, lançou seu primeiro livro de fotografia – Cold Hot (cujas fotos ilustram este blog) – sobre a musicalidade no sul dos EUA. em fevereiro de 2017, Cold Hot foi lançado em oito cidades americanas fotografadas em dezembro de 2014 pelo fotógrafo. O portfólio de Poroger pode ser encontrado no site www.sergioporoger.com. On Movies deve ser lançado em 2018.

metro 15.jpg

Seja bem-vindo aos EUA e faça (mais um) bom trabalho Poró, como é carinhosamente tratado pelos amigos!

Mais umas das #dicasdotozzi

dicasdotozzi-1

bast-media-banner

Antonio Tozzi      Media Consultant

 

Anúncios
Sobre Tozzi (79 artigos)
A class of 1979 graduate from FAAP with over 30 years’ experience, he has also worked for 5 years for Grupo O Estado de S.Paulo/Jornal da Tarde, all the while also freelancing for publications such as Exame, and magazines such as Grupo Ideia, editora da IstoÉ, e Química e Derivados, da editora QD. In the media relations world, he worked for Burson Marsteller in São Paulo, one of the sector's most highly regarded companies wherein he held the title of Gerente de Imprensa and fulfilled the job function of coordinating the activities of his fellow colleagues. In the United States, he has become known as one of the nation’s top Portuguese-speaking journalists having in his curriculum the experience of being editor-in-chief of such publications such as Florida Review in Miami and AcheiUSA in Broward. Furthermore, in South Florida, he collaborated on the journal, O Estado de S.Paulo, with the radio station CBN, and was editor of Sony magazine’s Portuguese branch. His work in television includes CBS Telenotícias, which provided Brazil with journalistic information and PSN, a sports station, wherein he produced the tennis broadcasts. Finally, he also worked for RIT TV as a director of journalism. He worked as a color commentator for NBA games, which are broadcast live to Brazil via TNT (Canal Space Brasil) and also a weekly contributor to the website Direto da Redação. He is a translator who counts on a client base which includes the likes of Motorola, Wacom, and ViewSonic among others.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: